Férias 2017 – 16 de junho – Nantou

16-06-2017 – sexta-feira

Depois do café da manhã, por volta das 7h30, saímos do hotel com destino a Nantou – https://www.travelking.com.tw/eng/tourguide/nantou/attractions.asp . No caminho, fizemos paradinhas para conhecer algumas atrações.

A primeira foi em Puli, na Kuang Shing Paper Factory    https://www.nst.com.my/news/2016/12/200258/tree-pulp , onde participamos de um workshop cujo objetivo foi conhecer desde o processo de transformar casca de árvore em papel até fazer um leque com ele.

Evidentemente que contamos com a ajuda de guias especializados e de um arsenal que facilitou o trabalho. Só que isso não nos impediu de, literalmente, colocarmos a mão na massa.

Quando chegamos, a casca já estava batida e dissolvida na água.  Nós colocamos a massa na forma, escorremos e levamos para secar em grandes chapas quentes. Enquanto secava, escolhemos um desenho e aprendemos a fazer o leque. Depois de pronto o papel, fizemos a decoração e levamos para secar de novo. Quando secou, montamos o leque com a ajuda de uma instrutora. Difícil não é. Apenas requer uma habilidade que muitos não têm, como é o meu caso. Uma certa dose de paciência também ajuda. O produto final pode ser conferido na foto que tiramos no local.

Depois de darmos uma volta para conhecer as dependências, paramos na lojinha que possuía muita coisa bonita à venda. Só que, por serem feitas de papel, não nos atraiu muito. Obviamente não chegariam inteiras por aqui. Até arriscamos comprar algo só para marcarmos presença. Não é que meu cofrinho chegou sem danos?

Antes de almoçar fomos pegar as filhas de Tony e Huang na escola – Pu Tai School, que também fica em Puli, Nantou County – http://www.putai.org/TC2/index.php .

Almoçamos no Clould Villahttp://cloudvilla.com.tw/chinese_restaurants_01.html – um restaurante naturalista. Apesar da ausência de carne, a comida foi gostosa.

Ali mesmo nos foi cedido um lugar para trocarmos de roupa depois do almoço, já que íamos fazer duas visitas que mereciam um traje mais formal. A primeira foi Chung Tai Chan Monastery –   https://www.ctworld.org.tw/english-96/html/ –   http://ctzen.org/sunnyvale/enUS/index.php?option=com_content&task=view&id=47&Itemid=69 .

Chung Tai Chan Monastery é belíssimo. Aberto em 2001, é um lugar para a prática do Budismo. Em algumas dependências não é possível nem conversar. No entanto, o lugar não precisa de palavras. A sua opulência fala por si só. Pena que não é permitido fotografar.

Na saída, a cicerone se despediu de nós com o seguinte mantra Na Mo A Mi Tuo Fo. A Mi Tuo Fo, dependendo do contexto, pode significar muitas coisas. Geralmente, no cumprimento, é desejar luz, sabedoria e longevidade para a pessoa. Amituofo, pronúncia em mandarim, significa Buda Amitabha, que é o Buda da imensurável luz, imensurável sabedoria e longevidade. A luz é uma energia que podo gerar muitas coisas positivas, dentre elas, a sabedoria.

A Pu Tai School, que fica bem perto dali, é parte do complexo do Monastério – https://www.ctworld.org.tw/english-96/html/a7Threefold-SCHOOL.htm . Com dois níveis – Elementary e High School é um exemplo de escola. Vimos um vídeo sobre o sistema educacional e depois fomos conhecer algumas dependências.  A biblioteca é uma amostra muito interessante da escola. Para quem se interessar por um exemplo de escola em Taiwan e quiser saber mais, é só acessar o link acima.

Antes de chegarmos ao hotel, paramos na Igreja de papel The Puli Paper Donehttps://thedailybubbletea.com/2010/04/23/pulis-paper-dome/ . Originalmente, ela foi construída no Japão. Só que, em virtude do terremoto que aconteceu em Kobe, ela foi transferida para Taiwan. É uma igreja onde convivem o Catolicismo e o Daoismo e é a única de papel de que ouvi falar. Por ser uma atração turística, não deve haver muitas no mundo construída com esse material.

É um espaço educativo e lugar onde se pode trocar experiências sobre reconstrução após terremoto. Além disso, no local são realizadas interpretações de música, exposições de arte de artistas locais, bazares de fim de semana e outras atividades.

A chuva???? Continuava sem parar.

De lá, já no fim do dia, fomos ao The Wen Wan Resort Sun Moon Lakehttps://www.youtube.com/watch?v=M5t31sPMci0 . Que hotel! Considerado um dos melhores de Taiwan, realmente cumpre o que promete. A vista para o lago é belíssima. De qualquer ângulo do quarto a visão do lago é a mesma, seja da cama, da sacada e até mesmo da banheira, que mais se parece um ofurô. Maravilha!
O jantar foi no hotel.

Para quem aprecia a comida local, foi uma das melhores. Eu sempre me abstenho de comentários a respeito da gastronomia porque meu paladar é um pouco complicado. Isso não impede que eu reconheça o requinte dela ou do local. E foi ele que vi em cada detalhe daquele jantar.
Tínhamos programado uma saída à noite que foi abortada, por causa da chuva. Aproveitamos um pouquinho as dependências do hotel e fomos dormir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *