Férias 2010_Beijing_04 de julho

04-07-2010 – Beijing
Começamos o dia com um belo café da manhã. Brasileiro para mim e chinês para muitos. Eu não encaro aquelas comidinhas chinesas logo cedo. É bom, mas tem hora.
Às 8h saímos para visitar a Cidade Proibida – Forbidden City e a Praça da Paz Celestial – Tiananmen Square.
Vinte e quatro imperadores comandaram a China dentro desse enorme complexo palaciano que se situa no coração de Pequim. Alguns dados: 720.000 metros quadrados, 800 edifícios e, segundo a lenda, 9999 salas. O guia disse que o número 9 significava poder e só os imperadores podiam usar. A Cidade Proibida começou a ser construída em 1421 e permaneceu fechada até 1949 quando, pela primeira vez, o povo entrou no palácio.
O almoço foi num restaurante chinês, incluso no programa.
Depois fomos para o Grande Teatro Nacional – National Grand Theater – e, em seguida, para o Palácio de Verão – Yiheyuan, um parque a 10km da Cidade Proibida. Ele tem um longo corredor com 700 metros, cujo teto é decorado com 14.000 pinturas.
Fazem parte do complexo a Torre do Perfume de Buda, a Sala da Longevidade e da Felicidade, residência da imperatriz no verão.
Depois de tanto andar, só uma massagem nos pés, para relaxar. Quem fez, amou.
Jantamos às seis, como é o hábito local. Depois fomos ver um show de Kung Fu.
No escurinho, só não dormiu quem não quis. Também pudera, o fuso horário pega às 7h30 da noite. É como se tivéssemos passado a noite em claro. No ar condicionado, com o calor que fez o dia todo!!!. Mas deu para ver um pouco e foi bom.
Alguns registros

Férias 2010_China! Again!!!!

Férias 2010

São Paulo > Los Angeles

Los Angeles > Seoul

Seoul > Beijing

Tudo começou quando resolvi viajar para descansar depois de um longo período de stress causado por uma reforma tumultuada.

Sem companhia, pesquisei bastante e a alternativa que me pareceu melhor foi viajar para a China com o grupo formado pelo Centro Taoísta, uma vez que, dentre outras coisas, estava no programa passar pela Expo Shanghai 2010, que eu queria muito visitar.

Com café da manhã, almoço, jantar e passeios inclusos, achei que seria a alternativa que eu estava procurando. Sozinha, mas em grupo. Apostei para ver no que ia dar.

Huang, uma das organizadoras, pediu que chegássemos bem cedo ao aeroporto de Cumbica. Quando cheguei, 08h10, ela já estava lá.

Alguns dados antes de começar:

Saída de SP – 1º de julho 2010

Korean Airlines

1ª parada – Los Angeles – 11h40’ segundo o comandante

2ª parada  – Seoul – 12 horas de viagem depois de mais ou menos 4 horas de aeroporto

Destino final – Beijing

Serão 22 dias de viagem registrados a seguir.

Preço – $5890 + $980 apto single + visto para a China R$321,00 + taxas de aeroporto e de combustível $600. Não é nenhuma pechinha. Vamos ver se vale a pena.

O grupo é pequeno: Huang, Edely e Marília (mãe e filha) – Sílvia e Regina, amigas de Edely, Flávio e Mariana, Darci, João e Claudia. João e Cláudia vão por outra companhia aérea e só os encontraremos em Beijing.

Na hora do check in, descobri que estava sem o nº da conta da Delta para registrar as milhas. Fui numa Lanhouse e consegui. Problema resolvido, registrei a milhagem e fui tomar café. Pão de queijo esgotado em quase todos os lugares. Achei na Pizza Hut.

Depois do cafezinho, fui para o portão 8, para embarque. Formalidades cumpridas sem problema, passei no freeshop. Melhorou um pouquinho, mas não achei 3 das 5 coisas que estava procurando.

O embarque, previsto para as 12h, só aconteceu às 12h45 por causa do nevoeiro. Nenhum líquido na bagagem de mão. Levantamos voo às 13h35.O avião da Korean é espaçoso, o pessoal é simpático e a comida – “beef” – um delicioso picadinho com legumes, cogumelos e purê.

Depois do almoço escovei os dentes, escrevi o que fizemos desde o início e preenchi o formulário de entrada nos Estados Unidos Agora vou tentar assistir a um filme porque, segundo minha TV particular, faltam 9h06’ para chegarmos a Los Angeles. É tempo pra caramba e a Huang está pedindo para dormirmos porque são 4h no horário brasileiro e 3 horas da madrugada em Beijing. Lá já é 02 de julho. Paro por aqui.

Depois de dormir, assistir ao filme Valentines Days, jantar (uma massa pouco saborosa), dormir de novo, o aviso do comandante de que estávamos nos preparando para pousar nos acordou. Meia noite e meia no Brasil e 8h30 hora local. São 4 horas a menos. Tivemos algumas turbulências mas nada muito assustador. Pousamos no aeroporto de Los Angeles. Vale o registro – a Korean coloca valsa na hora de pousar até a parada final. Dá uma sensação muito gostosa. Foram 11h40 de viagem.

Estamos de volta no avião. São 3h30 no Brasil e 23h30 hora local. Não dá para acreditar que ficamos quase 3 horas no aeroporto e não vimos nem fizemos nada. Tinha apenas uma loja aberta no freeshop e nada de interessante. Ficamos muito tempo na imigração.

Vamos iniciar os procedimentos de voo para Seoul. Logo que decolamos, serviram um aperitivo – suco, vinho ou whisky e depois jantar. Desta vez, pasta com carne e legumes. Bem gostosa. Em seguida, as luzes se apagaram para dormirmos. Depois de 9h começaram a servir suco e em seguida o café da manhã – omelete, iogurte, frutas e pão. Meu relógio marca 1h30. Já perdi a referência. Acho que é da tarde do dia 2 de julho – sexta-feira. Acabamos de preencher um formulário para entregar em Seoul e pusemos a data de 03 de julho. Em Seoul já é madrugada do dia 3 – doze horas na frente. Faltam 2h15 para chegarmos. O tempo passa e a gente só come e dorme. Não está muito cansativo e até agora o voo está tranquilo.

Depois de algumas turbulências estamos nos preparando para pousar. São 3h45 da madrugada de sábado. Faltam 15’ para pousarmos em Seoul – aeroporto Incheon. 4h01 pousamos tranquilamente.

Algumas imagens tiradas no aeroporto de Seoul.

03/07/2010 – 9h45 – Depois de 5 horas e 45 minutos no aeroporto de Seoul, estamos levantando voo para Beijing. Fizemos muitas coisas nesse tempo. Acessamos a Internet e vimos que o Brasil foi eliminado da Copa. Mandamos e-mail, comemos e vimos as lojas que abriram às 7h. Os preços são normais para um freeshop – nem caro nem barato. Não comprei nada. O tempo está fechado e chove de vez em quando. O avião já está taxeando. Vamos decolar.

Beijing – chegamos por volta das 13h e, depois de todos os trâmites, fomos para o hotel. Shangrila Hotel Trade Center, situado numa zona de business. Fiquei sozinha no apto 460. Uma delícia!

Beijing_03-07-2010

China again!

Depois de dois anos voltei. Quando cheguei no Brasil em 2008, eu disse que vir para a China tinha sido a realização de um sonho e voltar era uma certeza. Cá estou. Morrendo de sono, depois de quase 35 horas entre aeroporto e avião. Ainda não dá para falar quase nada, a não ser que saímos de São Paulo dia 1 de julho e chegamos a Beijing dia 03. 

Depois do banho, arrumei as coisas, descansei um pouco e fui para o shopping que fica anexo ao hotel.

Para variar, só lojas de grife. Achei o sorvete que esperava encontrar só em Shanghai. Uma delícia: Cremery Cold Stone. Voltei para encontrar o grupo às 18h para irmos de metrô até a Wangfujing Street. Jantamos lá e depois fomos passear. Ficamos até às 22h e depois pegamos um táxi para voltarmos para o hotel – 50 yuans, depois de negociar. De volta ao hotel, entrei na internet (livre) e comecei o blog. Em seguida, desmaiei de tanto sono….